Somos um centro multidisciplinar especializado no aparelho locomotor.

News

Por que o joelho feminino é mais suscetível a lesões?

Dr. Wilson Mello

Nesse tema, é verdadeiro afirmar que a mulher é o sexo frágil. Devido a fatores anatômicos, quadril maior, ligamentos mais frouxos e menores do que o dos homens, as mulheres sofrem mais lesões ortopédicas, como as ligamentares.

Estudos comparativos entre homens e mulheres jogadores de futebol mostram que elas têm até quatro vezes mais chances de sofrer uma lesão no Ligamento Cruzado Anterior (LCA). Entretanto, alguns estudos mostram que se houver reforço muscular de coxa e quadril, com treinamento adequado na fase de desaceleração do movimento, as chances melhoram bastante.

Quais são as possíveis causas?

Os possíveis fatores causais para esse aumento nas lesões do LCA entre as mulheres podem ser extrínsecos (movimento corporal, força muscular, interface da superfície óssea e nível de habilidade) ou intrínsecos (frouxidão articular, alinhamento dos membros e tamanho do ligamento).

Na prática de corrida de rua na mesma intensidade e volume de treino, estudos apontam que a proporção de lesões é de sete para um comparando o sexo feminino e o masculino.

Um dado importante é que após sofrer um trauma ou entorse agudo no joelho, a chance de uma mulher romper o LCA é de quatro a sete vezes maior que a do homem.

Portanto, uma dica essencial é que a mulher faça fortalecimento muscular para prevenir lesões e respeite seus limites durante a prática esportiva.

Dr. Wilson Mello é médico ortopedista, especialista em Cirurgia do Joelho e líder da equipe do Instituto Wilson Mello.

Ebook

• E-book Gratuito •

Saiba como escolher um ortopedista em Campinas/SP.

Instituto Wilson Mello
LOCALIZAÇÃO
Rua José Rocha Bonfim, 214
Ed. Chicago, Jd. Santa Genebra |
Campinas | SP – CEP: 13080-658
ATENDIMENTO
(19) 3708-9999
contato@iwmello.com.br

© Instituto Wilson Mello - Todos os diretos reservados

Alteração no acesso ao Instituto Wilson Mello.

Foi fechada a passagem inferior do Km 140 da Rodovia D. Pedro.
Confira o novo acesso:
mapa acesso